Translate

Procure no blog

quarta-feira, 13 de abril de 2016

São Hermenegildo, Mártir

"Nada me custa renunciar à coroa terrestre, se já tenho garantida a celeste"


Hermenegildo provavelmente seja a vítima mais conhecida da invasão da Espanha católica pelos visigodos, por volta do ano 459. Era filho do rei visigodo, mas despertou a ira do pai ao tornar-se católico por causa de sua esposa, uma princesa francesa. Seu pai era Leovigildo, um impiedoso rei, conquistador de nações e exterminador de inimigos. Após conquistar a terra, ele tratava de acabar com a cultura e a fé locais, para dominar completamente os povos submetidos ao seu poder. Hermenegildo foi educado, junto com o irmão Recaredo, para pôr em prática esse plano do pai e, para isso, foram ambos nomeados príncipes de Sevilha e Toledo, respectivamente. Mas Hermenegildo casou-se com Ingonda, uma princesa católica de origem francesa, e esta mudou os planos traçados para ele. Ingonda era profundamente cristã. Suas orações e explicações do Evangelho converteram Hermenegildo. Leovigildo, irado, ameaçou cassar seu cargo se não abandonasse a nova fé, porém ele não se dobrou. Sua resposta está registrada para a posteridade: "Nada me custa renunciar à coroa terrestre, se já tenho garantida a celeste". O pai dirigiu, pessoalmente, o cumprimento da ameaça, liderando enorme exército que marchou contra Sevilha. Prendeu o filho, esperando que os suplícios do cárcere o fizessem abandonar o catolicismo, mas nada conseguiu. Mandou decepar a cabeça de Hermenegildo, que pouco antes se recusara a receber a SANTA EUCARISTIA das mãos de um bispo ariano, em 13 de abril de 585. Entretanto o crime contra o próprio filho acabou por encher Leovigildo de profundo remorso. Revendo suas posições anos depois, converteu-se também, e a Igreja da Espanha alcançou, definitivamente, a paz. Em 1586, o papa Sixto V declarou a festa de são Hermenegildo para o dia do seu martírio e o indicou como padroeiro da Espanha. 

Reflexão (palavras minhas): A história desse santo mártir nos faz refletir o quanto uma boa pessoa pode mudar a nossa vida. O quão importante são as boas e verdadeiras companhias. Ele era um homem da aristocracia, iria um dia ser rei e tornou-se príncipe de uma importante cidade. Já estava nos planos ser um rei ruim, assim como o seu pai era. Porém, uma graça aconteceu em sua vida ao conhecer uma mulher piedosa, uma mulher católica e temente a Deus, que o fez refletir em todas as suas ações, que o fez converter-se. Preferiu renunciar ao trono e morrer por amor a Deus do que obedecer aos homens. Uma bravura ímpar. Outro ponto importantíssimo a destacar: como um ótimo católico que se tornou, recusou a receber a Sagrada Eucaristia de um bispo ariano, ou seja, um bispo sem fé e herege. Que Deus nos torne bravos como Santo Hermenegildo. E que nosso amor por Deus seja tão bravo quanto o dele foi.

Outros santos do dia 13 de abril: São Martinho I, Papa; Santa Ida.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Caro (a) leitor (a), este blog é católico. Não aceitaremos ofensas contra a Igreja Católica. Por favor, antes de comentar certifique-se se o que está prestes a escrever tem alguma significância perante as Leis da Igreja.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

A Tradição é linda.

A Tradição é linda.

Palavras de Santo Agostinho

"A oração é uma chave do céu; sobem as preces, desce a divina misericórdia. Por mais baixa que seja a Terra, e alto o Céu, Deus ouve a língua do homem, quando este tem limpa a consciência."

Siga-me no Facebook