Translate

Procure no blog

sábado, 12 de março de 2016

O que é Fé? Parte I


“A fé move montanhas”... Quem nunca ouviu essa frase? Eu, particularmente, conheço essa frase desde que me entendo por gente. Mas o que quer dizer?

Lá no Evangelho de São Mateus, no capítulo 17 e no versículo 20, encontraremos a seguinte fala de Nosso Senhor Jesus: [...] Porque na verdade vos digo que, se tiverdes fé como um grão de mostarda, direis a este monte: Passa daqui para acolá, e ele passará, e nada vos será impossível.”¹


Que lição tirar daqui? Que não importa o tamanho da nossa fé, nós só precisamos tê-la. (E a fé tem tamanhos? Bem, veremos isso logo mais abaixo.)


Temos necessidade de fé?

Nas Divinas Escrituras encontram-se várias definições de Fé, e partindo para o conceito, segundo o Catecismo Romano, temos a seguinte definição: “Virtude pela qual assentimos plenamente a tudo quanto nos foi revelado por Deus.”


No Catecismo Maior de São Pio X temos a seguinte definição:" Que é a Fé? A Fé e uma virtude sobrenatural, infundida por Deus em nossa alma, pela qual nós, apoiados na autoridade do mesmo Deus, acreditamos que é verdade tudo o que Ele revelou e por meio da Santa Igreja nos propõe para crer".


Que ninguém em sã consciência duvide que a fé (obviamente a católica) é necessária para a salvação, sobretudo por estar escrito em Hebreus 11,6: “sem fé não é possível agradar a Deus”.


O fim que se propõe ao homem para sua bem-aventurança é tão elevado que o homem não poderia descobrir, mesmo pela agudeza do espírito humano. Era preciso que o homem recebesse de Deus tal conhecimento.



E a noção?

Esse conhecimento não é outra coisa senão a própria Fé, cuja virtude nos leva a ter por certo o que a autoridade da Santa Madre Igreja declara ser revelado por Deus. Nenhum fiel pode ter dúvida das afirmações que vem de Deus, pois Deus é a própria Verdade.² Esse critério nos faz compreender a diferença entre a fé que temos em Deus e a fé que se dá aos autores de história humana.



E os “tamanhos” da Fé?


Podemos chamar de graus. A fé tem grande extensão e admite graus de grandeza, e também de dignidade. Exemplos disso depreendem-se na Palavra: “Homem de pouca fé, por que duvidaste?”³; “Grande é a tua fé”4; “Aumentai a nossa fé”5; “Fé sem obras é morta”6; “A fé que opera pela caridade”7

Mas apesar de a Fé admitir extensões de grandeza, ela é uma só virtude. E todos os graus entram na mesma definição.


Podemos obter frutos e vantagens pela fé, mas isso veremos em outras postagens, essa foi apenas a parte I. A parte II falar-se-á brevemente da fé quanto ao Símbolo, que é o mesmo a todos os católicos, e indissolúvel, deixado pelos santos Apóstolos de Cristo.

"A Igreja católica vive e prospera pela sua fé nesta verdade: que em Jesus Cristo não se deve crer a humanidade sem verdadeira divindade, nem a divindade sem verdadeira humanidade". (São Leão Magno)

Porque pela fé nós cremos em Deus, e cremos tudo o que Ele revelou.

Salve Maria!
Viva Cristo Rei!

-----------------*******************************************--------------

1- Bíblia Vulgata, tradução do Padre Matos Soares (disponível para download aqui)
2- Jo 14,6
3- Mt 14,31
4- Mt 15,28
5- Lc 17,5
6- Tg 2,17
7- Gl 5,6






Nenhum comentário:

Postar um comentário

Caro (a) leitor (a), este blog é católico. Não aceitaremos ofensas contra a Igreja Católica. Por favor, antes de comentar certifique-se se o que está prestes a escrever tem alguma significância perante as Leis da Igreja.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

A Tradição é linda.

A Tradição é linda.

Palavras de Santo Agostinho

"A oração é uma chave do céu; sobem as preces, desce a divina misericórdia. Por mais baixa que seja a Terra, e alto o Céu, Deus ouve a língua do homem, quando este tem limpa a consciência."